Muitas vezes ainda me pego com uma sensação de aprisionamento. Cada vez que permito que as obrigações diárias, os comprmissos e até mesmo a preguiça roubem o meu tempo e atenção mais do que deveriam ,sinto um enorme peso. Me prendo à opinião das pessoas, ao meu próprio julgamento e à culpa. É... culpa, o velho e conhecido fardo. Eu sei o que tenho que fazer mas, reluto em fazê-lo. Por quê? O vazio vai crescendo em mim, as cargas vão ficando cada vez mais insuportáveis, então é o meu limite.

CHEGA!!!

  É o grito da minha alma. Não dá mais para ir adiante. Eu corro e literalmente me derramo diante Dele. Rasgo o meu coração e sinto o Espírito me sondar. A culpa dá lugar ao arrependimento, que é o meio de achegar-se a Ele. Por que o medo? Por que nos esquivamos da presença do Senhor quando algo está errado? Repetimos a atitude de Adão, e amendrotados fugimos. Enquanto tudo que Ele espera é que nos arrependamos. Ele está esperando de Braços abertos pronto para me abraçar e dizer:

"Tu és a minha filha amada em quem me comprazo"

  Que amor é esse? Não há absolutamente nada em mim que me faça merecer esse amor. Enquanto eu me esquivo Ele olha para mim com seus olhos transbordantes de bondade, estende as suas mãos de graça e repete:

"Deixe que eu levo o seu fardo. Tome o meu que é leve e suave."

  Por que as amarras? Já se sentiu preso? Está se sentindo assim? Deixe a promessa ecoar no seu interior:

"Se o filho vos libertar verdadeiramente sereis livres"

  Olhe para os seus pulsos. As algemas foram quebradas. Nos seu pés? Não há mais peso algum. Então é hora de erguer a voz e soltar o sonoro grito:

LIVRE!!!!!!!

 

:: Postado por Rafaele às 21h14
::
:: Enviar esta mensagem

 Eu tenho sido negligente com isso aqui. Eu sei, isso é terrível. Mas tenho me sentido desanimada para atualizá-lo. Eu constatei uma triste realidade nesse mundo de blogs: as pessoas escrevem muito mais para impressionar os outros do que realmente expor aquilo o que sentem. Blah! Além do mais, pessoas visitam outros blogs apenas para conseguir comentários e gerar um certo status. Ok, não posso fazer disso uma generalização mas, que é verdade é.

 Quando criei o "como espelho" eu pensava em falar daquilo que eu tenho vivido. Falar de como é preciosa a vida com Jesus. E compartilhar do Amor e da Graça Dele. Infelizmente tenho encontrado poucas pessoas como o memo propósito. Desculpe. Isso é um desabafo... tenho sentido que muitos apenas usam o nome de Jesus para se promover.

 Voltarei aqui. Não sou de desistir fácil. Não abandonarei aquilo que o Senhor me deu.

:: Postado por Rafaele às 17h59
::
:: Enviar esta mensagem

Páscoa

  

   Quando pequena, essa era uma época bastante feliz. "Coelhinho da páscoa o que trazes pra mim? Um ovo, dois ovos, três ovos assim. Coelhinho da páscoa que cor eles são? Azul,amarelo e vermelho também...." A decoração dos supermercados e a seção de ovos de chocolate faziam com que eu ficasse bem excitada. No colégio, sempre tinha aqueles desenhos temáticos para pintar e máscara de coelho para fazer. E era só.

   Eu cresci um pouco e alguém me disse que a páscoa era um dia triste. "Por quê?" (eu era um daquelas que sempre perguntava...) "Porque Cristo morreu pelos nossos pecados." "Hein?" Agora tinha que ser um momento de reflexão. Nada de carne vermelha. Os desenhos agora eram cinzentos e tinham uma cruz.

   Hoje. Algum tempo se passou desde então. Não poderia deixar de dizer o que sinto. É um misto de puro júbilo com gratidão o que tenho aqui dentro. Uma alegria explode no meu coração! Não foi ningém que me falou. Não fui convecida. Não... Eu Creio!

   Eu posso imaginar aquela fria manhã de domingo. Três mulheres caminham até o túmulo prestar o seu último favor. A escuridão paira no ar e a esperança se foi. As cenas da dor e sofrimento Dele passam com flashes em suas mentes. O luto e o pranto são como pesadas capas que as encobrem. "Ele se foi." Alguns passos mais adiante elas chegam ao destino. "O que é isso? A pedra foi removida?!" Tentam buscar uma explicação lógica para aquilo. "O levaram... roubaram-no..." Então lhes aparece o anjo. "Aquele a quem procuram não está mais dentre os mortos..." O que seria aquilo? Seria possível? "Quem é aqule homem ali? Algum jardineiro? Deve ter sido ele quem O levou!" Jesus olha para Maria Madalena. "Não pode ser..." "Maria!" "Mestre!!!" Posso sentir o turbilhão em seu coração. "Ele está vivo!!! VIVO!!!"

   Minha vontade é fazer o mesmo que elas fizeram, sair gritando para o mundo todo ouvir: "Ele vive! Ele vive!" Jesus ressucitou! O sepulcro está vazio. Nem mesmo a morte foi capaz de detê-lo. . Sou completamente apaixonada. Religião alguma, instituição humana alguma, filosofia alguma pode me dar o que eu tenho. EU O AMO! Ele me amou primeiro.


                    É isso. Estou imensamente feliz...


:: Postado por Rafaele às 14h57
::
:: Enviar esta mensagem

Legalismo

 

 Sempre que ouvia essa palavra me vinha a mente a imagem de um fariseu com suas vestes especiais, seu falatório eloqüente e sua cegueira de hipocrisia. Surpresa!!! O legalismo não é tão simples assim. Descobri que na verdade que não compreendia o que realmente significava o legalismo.

 Em pouca palavras C. J. Mahaney o definiu em seu livro " O segredo da vida aos pés da cruz" assim:

       "Legalismo é pretender alcaçar o perdão de Deus e sua aceitação por meio da obediência a Ele."

E como isso se define na minha e na sua vida? Simples. Eu passo a confiar no meu desempenho mais do que no poder do sangue de Jesus. Como? Vamos supor o seguinte... eu participo do ministério de louvor, vou frequentemente as reuniões de oração, vou toda semana ao hospital visitar os enfermos, e tenho uma célula aqui na minha casa. Praticamente todos os dias da semana tenho uma atividade, um serviço a desenvolver. Isso não é mau. Pelo contrário. Mas, eu começo a confiar nessas coisas para obter a aprovação de Deus. Se eu não cumpri bem as minhas atividades ,se o meu desempenho não foi bom durante a semana eu fico receiosa de me aproximar de Deus. Se eu fiz alguma coisa que não o agradou eu não consigo chegar perto Dele.

Conseguem enxergar o perigo? A minha confiança de que sou aceita e amada pelo Senhor só é garantida pelo o que eu faço. Que terrível!!! Negamos aos pocos o sacríficio de Jesus. A justificação já foi feita. O sangue já foi derramado. É o sangue de Jesus que nos justifica, e foi esse sangue que me fez livre. Nada do que eu possa fazer vai me deixar "mais salva" porque o ato já foi consumado. Não dependeu de mim. É bem melhor adorá-lo sem o fardo da culpa. Eu não preciso me esquivar da presença Dele, o sangue de Jesus me fez inocente.

Não estou dizendo que devemos chagar a presença do Senhor de qualquer jeito. Não. Ele disse: "Sede santos porque eu sou santo". A santificação é uma obra diária e contínua (diferente da justificação que já foi consumada). O amor Dele me constrange a ser santa porque Ele assim o é. E preciso ser como Ele pois eu o amo. Mas, Ele não vai me amar mais por isso. Não são as minhas atitudes. Jesus te ama exatamente como você é, e por isso irá transormá-lo. Deixá-lo parecido com Ele...

 

 

:: Postado por Rafaele às 23h47
::
:: Enviar esta mensagem

Apenas uma questão de escolha

       "...Durante as próximas 12 horas ficarei à mercê das demandas diárias. Este é o momento em que preciso  fazer escolhas. Por causa do calvário posso escolher.

        Escolho o amor...

        Nenhum fato justifica o ódio; não há injustiça que justifique amargura. Escolho o amor. Hoje amarei a Deus e o que Ele ama.

       Escolho a alegria...

       Convidarei o meu Deus para que seja o Deus da circustância. Recusarei a tenteção de ser cínico... a ferramenta do pensador preguiçoso. Recusar-me-ei a ver as ver as pessoas como nada menos que seres humanos, criados por Deus. Recusar-me-ei a ver qualquer problema como nada menos que uma oportunidade de ver Deus.

      Escolho a paz...

      Viverei o perdão. Perdoarei para que possa viver

      Escolho a paciência...

      Neguigenciarei as inconviniências do mundo.

     Ao invés de almadiçoar aquele que tenta roubar o meu lugar, convidá-lo-ei a fazer isso. Não reclamarei a longa espera, mas agradecerei a Deus pelo momento de oração. Ao invés de crrar meus punhos face a novas designações, enfretá-las-ei com alegria e coragem.

     Escolho a generosidade...

     Serei generoso para com os pobres, por estarem solitários. Generoso para com os ricos, por estarem temerosos. E generoso para com o mau, pois é assim que Deus tem tratado a mim.

     Escolho a virtude...

     Prefiro ficar sem um tostão a ganhar algum desonestamente. Serei negligenciado para não ser jactante. Confesarei antes que seja acusado. Prefiro a virtude.

    Escolho a fidelidade...

    Hoje cumprirei minhas promessas. Meus devedores não lastimarao sua confiança. Meus associados não questionarão minha palavra. Minha esposa não questionará o meu amor.E os meus filhos não temerão que seu pai nunca retorne ao lar.

    Escolho a mansidão...

   Nada pode ser vencido à força. Escolho a mansidão. Se levantar a minha voz, que ela possa ser apena sem louvor. Caso cerre meus punhos, que seja em oração. Caso dê uma ordem que seja apenas a para mim mesmo.

   Escolho o autocontrole...

   Sou um ser espiritual. Após a morte deste corpo, meu espírito subirá. Recuso-me a permitir que a podridão domine o que é eterno. Escolho o autocontrole. Ficarei embriagado apenas pela alegria. Comovido apenas pela minha fé. Serei influenciado apenas por Deus. Serei ensinado apenas por Cristo. Escolho o autocontrole.

   Amor, paz, alegria, paciência, generosidade, virtude, fidelidade, mansidão, autocontrole. A estes submeto o meu dia. Caso seja bem-sucedido, louvarei a Deus. Se falhar, buscarei sua graça. E então, ao anoitecer, colocarei minha cabeça sobre o travesseiro e descansarei." Extraído de: Quando Deus sussura seu nome.Max Lucado.

    

:: Postado por Rafaele às 20h13
::
:: Enviar esta mensagem

Meu Perfil




BRASIL , Nordeste , Mulher , de 15 a 19 anos , Livros , Música

Meu Humor

Links

:: O Rei da Glória
:: Óleo da alegria
:: Vida de adoração
:: Pescador de Homens
:: Música : minha vida
:: Indelével
:: Franciele

..:: INDIQUE ESSE BLOG ::..

08/05/2005 a 14/05/2005

10/04/2005 a 16/04/2005

27/03/2005 a 02/04/2005

06/03/2005 a 12/03/2005

06/02/2005 a 12/02/2005

30/01/2005 a 05/02/2005

Visitas

Créditos

Layout por

..:: Carmem Design ::..
Todos os direitos reservados ©

..::     Carmem Design  ::..